domingo, 9 de novembro de 2008

Vida de cão...


3 comentários:

Tânia Correia disse...

Sabes esta fotografia custa-me imenso de visualizá-la, conheço o caso do caozinho que nem abre os olhinhos e que esta ao lado do dono que toca um acordeão...é horrível como utilizam os animais para criar compaixão nas pessoas, para receberem dinheiro...já uma vez tive uma guerra com um senhor na rua do ouro na baixa lisboeta, mas também há quem se passeie pelo metro com o mesmo esquema...enfim...os donos é que mereciam ter uma vida de cão!

Minharte disse...

Dá-me sempre pena quando vejo os cães a serem explorados assim,tadinhos...

Ponto de cruz da Genylemos disse...

Defender os direitos dos animais não é mais do que defender que seja oferecida aos animais uma protecção idêntica à que é oferecida aos humanos pelos direitos humanos. Tal não significa que os animais devam ter os mesmos direitos que os humanos, significa apenas que os animais devem ter alguns direitos básicos, como o direito a não serem tratados como recursos que os humanos possam utilizar a seu bel-prazer.
Lindo este blog...